Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.

Meia centena de pilotos na segunda prova do PTRX 2018.

O Clube Automóvel de Mação organiza a segunda prova da época, num traçado que agora aparece com novidades para responder aos novos regulamentos, a maiores necessidades de segurança e, fundamentalmente, para mais corridas e mais espectaculares, ao longo de um fim-de-semana que se espera “quente”.

Num dia perfeitamente invernoso, em que até o sol brilhou por entre a chuva e a neve, foi disputada a segunda jornada do Campeonato do Mundo de Ralicross, em Montalegre. Pena foi, que nem um único raio de Sol brilhasse para a delegação Portuguesa, que depois de várioas azares nas corridas de qualficação de Sábado, não conseguiu um lugar em nenhuma das finais disputadas.

Em Montalegre decorre a segunda jornada do Campeonato do Mundo de Ralicross, que até ver não tem sido benéfica para as cores nacionais, no que à Super 1600 e à Supercar diz respeito.

Ralicross Solidário

Na prova de abertura da época, em Lousada, foram inúmeros os concorrentes que aderiram a uma campanha de consciencialização do autismo.
Uma imagem de um laço colorido, como se de um puzzle se tratasse, recorda os 70 milhões de autistas que há em todo o mundo, 

Corridas espectaculares, muito público e um tempo que ora fazia sol, ora prometia chuva mas falhava todas as promessas, marcou o arranque da época de Ralicross, Kartcross e Super Buggy.

Entre as novidades realce-se o regresso das quatro corridas de qualificação e a introdução da Joker Lap nos Super Buggy e Kartcross, o que contribuiu para provas bem disputadas, mais corridas e ainda mais espectáculo para o público.