Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.

45º Ralicross de Sever do Vouga - Sábado

A pista do Alto do Roçário, em Sever do Vouga recebe, este fim-de-semana, a última prova do PTRX 2019.

A tarde de hoje, sábado, foi de treinos e primeiras corridas de qualificação, que serviram para estabelecer um primeiro escalonamento de forças, tão mais importante, na medida em que é na prova organizada pelo Vouga Sport Clube, que se definem os vários campeonatos.

Primeira corrida de qualificação

Iniciação

Gonçalo Macedo (VW Polo) venceu a primeira corrida de qualificação, conseguiu gerir e defender bem a posição perante os “ataques” do Peugeot 205 de José Correia. Um duelo muito interessante que só terminou quando se envolveu num toque, já no final, com Gonçalo Novo. O Starlet de Novo ainda completou a prova e foi segundo, mas Correia ficou na entrada para o asfalto que dá acesso à reta da meta.

PTRX S.Vouga II 6Gonçalo Macedo (VW Polo) e Rodrigo Correia (Peugeot 205)

Nacional 2 RM

João Novo em Peugeot 106 venceu a primeira corrida desta jornada e deu mais um passo em frente para a conquista do ceptro de 2019. Adão Pinto (Opel Astra) foi quem mais tentou contrariar o andamento do vencedor, mas o não cumprimento da passagem pela Joker Lap  e uma penalização de 30 segundos atirou-o para os últimos lugares da tabela. Com isto, seria Hugo Santos (Honda Civic) a conquistar a segunda posição, num pódio completado por Nuno Magalhães em Peugeot 206. Ricardo Soares (Toyota Starlet) na sua estreia na Nacional 2RM foi quarto e Andreia Sousa, a melhor entre as senhora, fechou o grupo dos cinco primeiros.

PTRX S.Vouga II 7 João Novo (Peugeot 106)

SuperCars

Pedro Matos conseguiu impôr o Citroën DS3 ao restante pelotão. Joaquim Santos que na Divisão 1 seria quem o podia contrariar, mas não cumpriu a passagem pela Joker Lap e viu ser-lhe atribuída uma penalização de 30 segundos, atirando-o para o último lugar. Com isto, Daniel Pacheco (Subaru Impreza 4WD) subiu ao segundo lugar e ao mesmo tempo, venceu na Divisão 2. Jorge Rodrigues, com o segundo Impreza da categoria foi terceiro em termos absolutos e segundo na Divisão 2.

PTRX S.Vouga II 5 Pedro Matos (Citroen DS3)

Nacional A 1.6

Pedro Tiago (Citroën Saxo) venceu a primeira ronda do fim-de-semana. Américo Sousa foi segundo e ficou alheio ao “contratempo” inicial que envolveu os Saxo de Vítor Sousa (3º) e Leonel Sampaio (4º), no final da primeira curva e que os fez perder tempo e o contacto com a frente da corrida.

PTRX S.Vouga II 3 Pedro Tiago (Citroen Saxo)

Super 1600

Joaquim Machado em Peugeot 208 venceu a corrida inaugural e deu um passo em frente na discussão pelo lugar “vice” Campeão. João Ribeiro, que por seu lado já é virtual campeão de 2019, assegurou a segunda posição, seguido muito de perto pelo Ford Fiesta de Mário Teixeira, que terminou em terceiro, mas a apenas um segundo do melhor lugar do pódio.

PTRX S.Vouga II 4 João Ribeiro (Citroen Saxo S1600)

Kartcross

Jorge Gonzaga ASK EVO18 voltou a liderar o pelotão dos kartcross. José Mota (Semog Bravo) viu a bandeira xadrez a dois segundos do vencedor. Rui Nunes, também em Semog Bravo garantiu a terceira posição, superando Luís Almeida LBS RX01 e Pedro Rosário (Semog Bravo), quarto e quinto, respetivamente.

PTRX S.Vouga II 10 Jorge Gonzaga (ASK EVO18)

Super Buggy

Nélson Barata em Power NB, repetiu a prestação dos treinos e levou a melhor sobre Mauro Reis (HSport TT), que viu a bandeira xadrez no segundo posto, mas com uma diferença de cerca de dez segundos para o vencedor.

PTRX S.Vouga II 9 Nelson Barato (Toniauto)

Treinos Cronometrados

Iniciação

Gonçalo Macedo, em VW Polo, com um tempo de 00:41.795s, garantiu o primeiro lugar na grelha de partida para a primeira corrida no Alto do Roçario e deixa o mote para um fim-de-semana animado entre os “mais novos”. A prova disso foi Rodrigo Correia que aos comandos do Peugeot 205 conseguiu um "crono" também dentro do segundo 00:41s (+ 00:41.896s). Gonçalo Novo em Toyota Starlet a apenas 00:00.813s conseguiu o terceiro melhor tempo.

Nacional 2 RM

Nas duas rodas motrizes, os quatro primeiros classificados pararam o cronómetro dentro do 00:39s. João Novo em Peugeot 106 comandou as operações, seguido de Nuno Magalhães Peugeot 206 (+ 00:00.342s) e de Adão Pinto em Opel Astra (+ 00:00.599s), que foi terceiro. Hugo Santos foi quarto e Paulo Reis ao volante de um Renault Clio fechou o top five.

 SuperCars

Joaquim Santos em Ford Focus, de regresso às lides, garantiu o melhor tempo nos treinos com um registo de 00:36.576s. Pedro Matos aos comandos do Citroën DS3, também fez questão de marcar presença nesta última ronda do campeonato foi segundo a + 00:00.278s, do piloto da Bompiso Racing Team. Daniel Pacheco, em Subaru Impreza 4WD, garantiu o terceiro posto a 00:03.761s do líder, mas primeiro na Divisão 2, seguido do Impreza 4WD de Jorge Rodrigues, quarto “à geral” e segundo na Divisão 2.

Nacional A 1.6

Numa categoria “exclusiva” para Citroën Saxo, Américo Sousa, que está a discutir o segundo lugar  no campeonato levou a melhor face à concorrência e assinou um tempo de 00:38.546s. Pedro Tiago, virtual Campeão, foi segundo, a 00:00.332s e Leonel Sampaio que está a discutir o segundo posto da temporada com Sousa foi terceiro, a 00:01.226s. Vítor Sousa a 00:02.545s do líder fechou este quarteto..

Super 1600

João Ribeiro (Citroën Saxo), apesar de ter chegado a Sever do Vouga já com o título de virtual Campeão de 2019, não “levantou o pé” e conseguiu o melhor tempo dos treinos cronometrados (00:36.561s). Joaquim Machado em Peugeot 208 conseguiu o segundo melhor registo da qualificação (00:37.408s), mas seguido muito de perto pelo Ford Fiesta de Rogério Sousa (00:37.554s),que fechou este pódio dos treinos.

Kartcross

O virtual Campeão de 2109 Jorge Gonzaga ASK EVO18 assinou o melhor tempo nos treinos com 00:35.307s. Mas uma armada de quatro Semog Bravo, liderada por Alexandre Borges, seguido por Rui Nunes, José Mota e Pedro Rosário, conseguiu, fechar a cronometragem dentro do 00:35s, completando, por esta ordem o top five.

Super Buggy

Nélson Barata em Power NB abriu as “hostilidades” e assinou um crono de 00:35.931s, mas o  HSport TT de Mauro Reis, que chegou ao Alto do Roçário na liderança do campeonato ficou a apenas 00:01.252s. Tempos que deixam antever uma jornada discutida a cada metro de asfalto.