Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.

Meia centena defronta-se no Alto do Roçário

O regresso dos Supercar e as decisões finais da época vão ser as sílabas tónicas do 45º Ralicross de Sever do Vouga.

Uma lista de inscritos que pauta pela qualidade vai ser um dos pontos marcantes da prova que vai decidir todos os Campeonatos. O Vouga Sport Clube vai estar ao leme da última prova do PTRX 2019 e se é certo que Jorge Gonzaga, Pedro Tiago e João Ribeiro são já virtuais campeões, é igualmente certo que tudo o mais está ainda em aberto.

Começando pela Iniciação: Rodrigo Correia comanda o Campeonato e está a um passo de vencer, basta-lhe pontuar. Mas se tal não acontecer, aí entra Gonçalo Macedo que tem ainda uma palavra, no que ao título diz respeito.

Vinte e dois pontos separam os três primeiros da Nacional 2RM. João Novo está na frente, com 227 pontos e Andreia Sousa está apenas a dois pontos. Para baralhar ainda mais, temos Adão Pinto à espreita de uma “tropeçadela” de alguns dos dois da frente, para então ele agarrar a coroa de campeão. Não é fácil, mas é matematicamente possível. Vão ser oito os inscritos e de Toyota Starlet vamos ter Ricardo Soares, que estamos mais habituados e ver aos comandos do Citroen Saxo S1600.

Pedro Matos, volta a competir, com o Citroen DS3 Supercar e Joaquim Santos regressa com o Ford Focus Supercar. Juntam-se-lhes os Subaru Impreza da Divisão 2, de Daniel Pacheco e do virtual Campeão, Jorge Rodrigues.

Mauro Reis, ou Nelson Barata, esta é a questão. Reis está na frente, com 16 pontos de vantagem, mas as vitórias foram divididas entre ambos e Barata ganhou a última.

No Kartcross Jorge Gonzaga tem o campeonato na mão, desde a prova de Montalegre II, mas o segundo posta está ainda longe de estar decidido. Rui Nunes está na melhor posição para o “vice”, mas tem completamente “colado” um nome de peso: Pedro Rosário. Para ajudar às contas, Nuno Bastos está igualmente próximo e, por isso, na luta.

Se é certo que na Nacional A1.6 Pedro Tiago já pode (virtualmente) cantar vitória, para o segundo posto está ao rubro, com Américo Sousa e Leonel Sampaio, a serem os galos para aquele poleiro.

Na Super 1600 as coisas estão parecidas. João Ribeiro (virtualmente) renovou o título, mas o segundo posto está ainda em aberto, com uma diferença: aqui são três os galos para esse poleiro. Joaquim Machado é quem está em melhor posição para ser segundo, mas logo atrás vêm Mário Teixeira e Hélder Ribeiro e todos sabemos como qualquer décima de segundo pode ser meio caminhos para a vitória, ou meio caminho para derrota.

A última prova do Campeonato vai iniciar-se no próximo Sábado, dia 12, às 14 horas, com a realização de treinos e primeiras corridas de qualificação. No Domingo o programa “reabre” às 9.00 horas, com o warm-up, seguem-se as derradeiras corridas de qualificação e fase final está agendada para a parte da tarde. Os bilhetes podem ser comprados nas bilheteiras da pista do Alto do Roçario, custam cinco Euros para Sábado, nove para Domingo e o bilhete de fim-de-semana, tem um preço de dez Euros.

Lista de Inscritos em:https://portal.fpak.pt/pub/doc/216/108143